É normal as empresas confundirem o convênio médico com o seguro saúde. Esses dois serviços, porém, são diferentes. O segundo é caracterizado por não ter uma rede de atendimento, mas oferecer reembolso aos usuários por despesas médicas.

O retorno do dinheiro é válido para diferentes procedimentos. Entre eles estão:

  • consultas;
  • exames;
  • tratamentos;
  • cirurgias.

Apesar de ser menos comum, o seguro saúde pode ser mais interessante para a sua empresa. Por quê? É o que vamos explicar neste conteúdo, a partir de 3 motivos principais. Confira!

1. Liberdade de escolha dos profissionais de saúde

Quando você tem um plano de saúde, está atrelado a uma rede de atendimento. Ela contempla clínicas, laboratórios, consultórios e hospitais. Isso significa que qualquer pessoa vinculada ao convênio médico precisa utilizar esses profissionais e a estrutura ofertada.

Se determinado médico deixar de atender por aquele plano de saúde, o beneficiário tem duas opções:

  • pagar as consultas do próprio bolso;
  • mudar de profissional, mesmo que esteja com um tratamento em andamento.

Isso acontece porque todos os contratos de planos de saúde preveem o compromisso de atendimento a determinada especialidade, mas não a garantia de que determinado médico, hospital ou laboratório permanecerá vinculado à rede.

Com o seguro saúde, é diferente. O beneficiário escolhe onde e por quem será atendido. O reembolso é feito sem complicações, conforme as diretrizes determinadas em contrato. Desse modo, ele já sabe exatamente quanto receberá de volta.

2. Redução de custos

Apesar do contrato mais amplo, o seguro saúde tende a ser mais barato. É pago um prêmio por beneficiário, que varia de acordo com o potencial risco de custos com tratamentos futuros. Esse valor é pago todos os meses.

No entanto, de modo geral, ele é mais barato do que a mensalidade de um plano de saúde. A justificativa é a diferença de funcionamento dos dois modelos. No caso do seguro, o reembolso não é de 100%, mas é um percentual significativo. É importante destacar que o prêmio pago será mais caro conforme a porcentagem assumida.

3. Flexibilidade e praticidade em contratos

Os planos de saúde costumam ter contratos mais rígidos, até mesmo devido às regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). No caso dos seguros, há possibilidade de oferecer diferentes módulos de cobertura. Como resultado, o atendimento é feito de acordo com a necessidade do beneficiário.

Ao mesmo tempo, o seguro saúde garante o uso dos serviços sem atrasos. A única exceção são os atendimentos que exigem uma quantia muito elevada para reembolso. Nesse caso, pode ser necessário fazer outro procedimento. 

Por outro lado, os atrasos podem acontecer nos convênios médicos por conta das cláusulas e das regras do contrato. Portanto, mesmo que ambos os modelos prevejam o período de carência, o seguro tende a ser mais flexível.

Esses 3 motivos para fornecer um seguro saúde deixam claro que essa pode ser a alternativa mais adequada para sua empresa. Como ter certeza? A melhor maneira é entrar em contato com uma corretora certificada.

É isso que você deseja fazer? Saiba mais sobre o seguro saúde entrando em contato com a JC Luz. Converse com nossos corretores e entenda qual opção é a melhor para você.